INÍCIO   >  BIBLIOTECA  >  Legados & Doações

Abel Botelho (1856-1917), escritor e diplomata.
Núcleo constituído por cerca de 1000 documentos.

Gago Coutinho (1869-1959), sócio da ACL.
1094 documentos, totalmente informatizados e disponíveis na base de dados da Biblioteca.

 

Henrique Barrilaro Ruas (1921-2003), sócio correspondente da ACL.
2380 documentos, totalmente informatizados e disponíveis na base de dados da Biblioteca.

Júlio de Melo Fogaça (1907-1980), político e militante do Partido Comunista Português (PCP).
Doou o seu espólio à ACL que instituiu um prémio de História com o seu nome. Júlio Melo Fogaça legou à ACL, entre outros bens, um fundo bibliográfico composto por 1734 monografias, 10 títulos de publicações periódicas, maioritamente das áreas da História e da Política, e ainda 15 caixas de documentação do seu arquivo pessoal. Este fundo documental, que atualmente está integrado no acervo geral da Biblioteca da ACL, foi objeto de tratamento documental entre 1998-2003, tendo sido concluído em 2006. É justo referir aqui o valioso contributo que a Fundação Calouste Gulbenkian deu para o presente trabalho, já que subsidiou na íntegra a bibliotecária que, na ACL, se ocupou do presente trabalho: Catálogo do Legado Fogaça.

Luciano de Castro Pereira Corte Real (1834-1914), político.
Núcleo composto por 1500 documentos.

 

Luís Forjaz Trigeiros (1915-2000), escritor, jornalista.

Núcleo composto por cerca de 1000 documentos.

 

Marquês de Faria (António de Portugal de Faria, 1868-1937?), marquês pontifício

Núcleo composto por cerca de 1200 documentos.

Monsenhor Dalgado (Sebastião Rodolfo Dalgado, 1855-1922), orientalista.

Núcleo composto por cerca de 300 documentos.

 

Artur Pinto Miranda Montenegro (1871-1941), político.

Núcleo constituído por cerca de 1000 documentos.

Pedro Maria da Rocha Cunha e Serra (1919-2002), regente da cadeira de língua árabe na Faculdade de Letras de Lisboa e estudioso de toponímia. Depois da sua morte, a viúva, Senhora Dona Orlanda Cunha Serra, fez oferta à ACL, de uma valiosa coleção de obras sobre estudos árabes e de documentos do seu arquivo pessoal: Catálogo Cunha e Serra.

Adriano Antero Sousa Pinto (1846-1934), sócio da ACL.

 2500 documentos, em informatização.

Vasco Magalhães Vilhena (1916-1993), filósofo e militante do Partido Comunista Português.

Núcleo composto por cerca de 1800 documentos.

Virgílio Machado

Cotelo Neiva

João Manuel Cotelo Neiva (1917- ), sócio efetivo da ACL.

150 documentos, totalmente informatizados e disponíveis na base de dados da Biblioteca.