INÍCIO   >  INSTITUTOS  >  Instituto de Altos Estudos – IAE  >  Seminário de Jovens Cientistas  >  Mensagem da Presidente da Comissão Diretiva do SJC

O Seminário de Jovens Cientistas (SJC) foi criado pela Academia das Ciências de Lisboa em 2010, no âmbito do Instituto de Altos Estudos da Academia, com o propósito de dinamizar a sua atividade no seio da sociedade e, mais concretamente, de ligar à Academia os membros mais jovens da comunidade científica, a exemplo do que vem acontecendo noutros países da Europa. A primeira iniciativa deste tipo partiu da Alemanha que criou em 2000 a Junge Akademie associada à Academia de Ciências e Humanidades de Berlin-Brandenburg e à Academia Alemã das Ciências Naturais Leopoldina. Pela extraordinária dinâmica que tem imprimido à sua atividade, esta Academia de Jovens Cientistas tem servido de inspiração a iniciativas semelhantes noutros países.

Hoje em dia, com o progresso rápido da ciência é unanimemente reconhecido que as Academias têm de alargar os seus horizontes à comunidade científica mais jovem, permitindo que os jovens talentos participem mais cedo nas atividades científicas das Academias, em ligação com os seus membros.

A seleção (e convite) dos Jovens Cientistas para integrarem o SJC é feita pela Comissão Diretiva do Seminário entre um grupo de candidatos de excecional mérito, escolhidos nas várias áreas do saber, após consulta realizada aos Sócios da Academia e ao Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, de acordo com o regulamento em vigor.

O SJC integra dez jovens cientistas da área das Ciências e dez das Humanidades e funciona (em ciclos de três anos) através de grupos de trabalho interdisciplinares que permitem tratar temas relevantes para a sociedade, produzindo documentos que possam ser utilizados pelos decisores de política científica, e pela sociedade em geral.

P'la Comissão Diretiva do Seminário de Jovens Cientistas,

Manuela Chaves