Logótipo da Academia das Ciências de Lisboa

ACADEMIA DAS CIÊNCIAS
DE LISBOA

Um “Herbário” de Peixes do século XVIII: novos dados para a história de uma rara coleção zoológica brasileira

O Museu Maynense da Academia das Ciências de Lisboa e o Museu da Ciência da Universidade de Coimbra albergam uma coleção de 85 exemplares de peixes preparados em forma de “herbário”. Estes exemplares datam do século XVIII e representam 58 espécies brasileiras, sendo na sua maioria animais marinhos. Estudos iniciais atribuíram a origem desta coleção à “Viagem Philosophica” conduzida pelo naturalista luso-brasileiro Alexandre Rodrigues Ferreira à Amazónia no final do século XVIII. No entanto estudos recentes sugerem uma outra hipótese, apontando a sua origem nas coleções de história natural preparadas pelo frade José Mariano da Conceição Veloso nas suas expedições naturalistas pela região do Rio de Janeiro. Nesta apresentação exploraremos a história destes espécimes sobre um ponto de vista histórico e biológico de modo a compreender a sua importância no contexto científico do Iluminismo luso-brasileiro, o seu valor para a história da ciência do mundo lusófono, e a necessidade de preservar um património museológico único a nível nacional.

Data

20 Fev 2024
Concluídos

Horas

15:00 - 17:00

Mais informação

Acesso Zoom

Localização

Academia das Ciencias
Lisboa

Organizador

Academia das Ciências de Lisboa
Shopping Basket